Artigos

56

Você sonha em ter um negócio próprio que não dependa da sua presença? Você sonha em construir um negócio que possa até crescer sem você estar presente? Durante toda a minha carreira eu conheci pessoas que têm legitimidade para falar a respeito disso, um deles é o Marcelo Germano, ele tem sido meu mentor nessa jornada. Ele é empresário, tem três grandes empresas e uma delas fatura 19 milhões ao ano. Sendo que ele vai na empresa uma vez por semana ou uma vez por mês. Ele é dono de uma das maiores empresas de despachantes do Brasil.

Ele é uma pessoa que trabalhou 14 horas por dia, sem tempo para absolutamente nada. Até que ele chegou no limite e percebeu que sim, é possível organizar uma empresa que fosse auto gerenciável. Hoje ele tem três organizações, sendo que todas elas funcionam sem a presença dele.

Se você tem um negócio e você virou um escravo do seu próprio negócio, o Marcelo tem como ensinar isso para gente.

Ele me perguntou “se você está preocupado em fazer a sua empresa funcionar, quem está preocupado em fazê-la crescer?”. Não importa o que acontece na sua empresa enquanto você está lá. Não importa a quantidade de horas que você coloca no seu negócio, e sim o resultado que você gera. Acostume-se a perguntar no final do dia, se a sua empresa vale mais do que quando você chegou lá de manhã.

Lembre-se tem pessoas que terminam suas vidas tão pobres que o que apenas elas têm é o dinheiro. O que o Marcelo ensina é você ter liberdade, ter uma empresa que possa ser um ativo, que funcione sem a sua presença, que gere valor no mercado, para os clientes, para os fornecedores e que principalmente faça a equipe crescer e evoluir junto com ela.

Tudo começa com um modelo mental, os executivos americanos foram visitar a Toyota e no final da visita eles acharam que a Toyota tinha simulado o cenário, que aquilo não era realidade, que não tinha estoque, mas tudo era real, mas era o modelo real daqueles executivos que não permitiam ver o que estava ali para eles verem. Eles achavam que tinham sido enganados, porque o modelo mental deles não concebia a ideia de uma empresa funcionar sem o estoque.

UMA EMPRESA PRECISA TER:

  1. Fluxo de caixa previsível (DRE: Demonstrativo de Resultado Empresarial)
  2. Cultura forte
  3. Transparência e confiança
  4. Oportunidade de crescimento
  5. Clareza de valores
  6. Liderança forte (tomar as ações que devem ser tomadas)
  7. Foco em resultado
  8. Pessoas engajadas

 

3 ERROS COMUNS

  1. Falta de clareza (Não sabe onde quer chegar. Ter metas mais claras para a equipe.
  2. Líderes Centralizadores

– Se tornam líderes fazendo coisas

– Não desenvolvem líderes. Colaboradores ficam “infantilizados”

– Chega uma hora que ele não aguenta mais e delarga (deixa para ver se alguém vai fazer)

  1. Líder que se concentra em tarefa

O Líder deve se concentrar em desenvolver negócios e pessoas e NÃO passar a maior parte do tempo desenvolvendo tarefas.

 

PASSOS PARA UMA EMPRESA AUTO GERENCIÁVEL

1) DESENHO. Desenhe a empresa que você quer. Como ela será. Faça o planejamento estratégico.

2) DECLARE

3) ALINHE EXPECTATIVAS

4) INDICADORES E PROCESSOS

5) DELEGAR

6) FOCO EM RESULTADO

O Líder deve decidir se será o Administrador, o Empreendedor ou o Técnico.

 

REFLITA:

Se você está preocupado em fazer sua empresa funcionar, quem está preocupado em fazê-la crescer?

Não importa o que acontece na sua empresa quando você está lá.

Não importa a quantidade de horas que você coloca no negócio e sim o resultado que você gera.

Ao final do dia diga: Sua empresa vale mais do que quando você chegou de manhã?

 

REFLITA:

Você conhece alguém que é tão pobre que tudo o que tem ao final da vida é dinheiro?

Quer ir rápido, vá sozinho. Quer ir longe vá acompanhado.

Pensar é o trabalho mais difícil que há, por isso poucos se dedicam a isso.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário