Entenda porque você está ficando para trás e nem percebeu.

É muito provável que você já tenha ouvido falar sobre coaching em algum momento da sua vida, seja por indicação de um amigo, numa rede social, em uma pesquisa na internet ou até mesmo em revistas.

Nos últimos anos, as empresas brasileiras vêm apresentando interesse crescente sobre assuntos relacionados ao desenvolvimento de lideranças, utilizando, especialmente, a abordagem de coaching.

Para você ter ideia, até mesmo grandes atletas, como Usain Bolt, têm Coach. Tony Robbins, considerado o maior Coach do planeta, também possui um Coach.

E você sabia que apenas nos Estados Unidos, o mercado de coaching gera mais de 2 bilhões de dólares ao ano?

O Coaching como Estratégia Competitiva nas Organizações

O grande sucesso do coaching depende exclusivamente de sua capacidade em solucionar problemas e estabelecer metas.

Diversas organizações estão investindo neste poderoso processo para desenvolver e qualificar seus colaboradores de modo que todos alcancem resultados cada vez mais satisfatórios. Este é um diferencial extremamente importante para aqueles que buscam e almejam o sucesso.

Hoje, no Brasil, organizações como petrobras, Nestlé, O Boticário e Banco do Brasil já utilizam o coaching entre seus executivos e obtêm um alto índice de resultado com o método.

Segundo pesquisas recentes da Academia Brasileira de Coaching:

De acordo com o estudo feito em Executive Coaching in Latin America, realizado por iniciativa da Latin American Human Resource Partnership – LAHRP), onde pesquisou-se 182 empresas de 16 países latino-americanos, sendo 39 do Brasil, 84,6% das empresas pesquisadas já utilizam ou já utilizaram o coaching em suas atividades.

E mais interessante ainda é ver como executivos de diversas partes do mundo percebem os benefícios do coaching, conforme imagem abaixo:

Mas afinal, de onde vêm o Coaching?

Em 1950, o termo “Coach” foi utilizado pela primeira vez para fazer referência à habilidade de gerenciamento de pessoas. Foi aí que surgiram as primeiras técnicas de desenvolvimento pessoal e humano, valorizando as competências individuais e relacionando-as a um processo de evolução contínua.

As velhas ferramentas como treinamentos, estudo de clima e avaliação anual de competências deixaram de ser suficientes em um cenário de negócios cada dia mais complexo.

Para atender um ambiente organizacional em que gerações diferentes convivem e nem sempre conseguem convergir, já que pensam e agem de forma diferente, novas abordagens que consideram necessidades comuns e as desenvolvem de forma personalizada, passam a fazer muito mais sentido, principalmente se puderem oferecer resultados mensuráveis como é o caso do coaching.

Coaching X Coach X Coachee

Atenção às três nomenclaturas básicas que por serem palavras muito parecidas, causam alguma confusão:  

COACHING: Metodologia de desenvolvimento humano conduzida pelo Coach;  

COACH: Profissional que conduz o processo de Coaching;  

COACHEE: Cliente que passa pelo processo de Coaching.

Dessa forma, o coaching é um processo com começo, meio e fim, todos definidos entre o Coach e o seu coachee, onde o objetivo é trazer para a consciência o desenvolvimento de habilidades e competências que estão latentes dentro de cada um de nós.

A metodologia do coaching é destinada para quem deseja alcançar objetivos específicos, desenvolver habilidades, aprimorar competências e atingir resultados extraordinários. O processo, também, aumenta a motivação e a produtividade, facilitando a interação de equipes e melhorando a comunicação.

Coaching também pode ser definido como:

a) A arte de aumentar a performance dos outros.

b) O processo de evocar excelência nas pessoas.

c) Uma ferramenta que promove uma performance continuamente excelente.

d) O processo que potencializa o poder pessoal.

e) O processo que utiliza uma metodologia que gera conversações efetivas, identificação e reformulação de valores, metas e busca de soluções eficazes e transformadoras.

f) Uma competência de gestão e gerenciamento de pessoas, indispensável para executivos e líderes.

Resumindo…

Esses dados demonstram como o coaching vem crescendo no Brasil e no mundo, de uma forma exponencial.

Nascido no ambiente dos esportes e atingindo o ambiente de negócios com o propósito de gerar vantagem competitiva para as organizações, hoje o coaching também é utilizado no âmbito pessoal, para ajudar as pessoas a realizarem seus sonhos obtendo resultados maximizados em suas vidas em todas as dimensões.

“O melhor conselho que recebi? Ter um coach.” – Eric Schmidt, ex-CEO Google

“Todo mundo precisa de um Coach.” – Bill Gates

“O Coach é alguém que o estimula a fazer o que não quer para poder tornar-se aquilo que quer ser.” – Michael Jordan

7 Comentários

  1. Tenho um sonho de ser coach de jovens atletas de futebol, nas categorias de base.
    Tenho dois primos já jogando em time do interior de São Paulo, isso me motiva a querer ajudá-los e consequentemente ajudar novos garotos e garotas nessa carreira que no início é muito difícil.

  2. Sou empresário com uma empresa que dia 01.11.19 fará 10 anos de existência. Participei do UL 2019 em São Paulo. Foi oferecido neste evento um curso para coach, mas no momento não achei que seria interessante para mim. Mas ao avaliar a performance dos meus funcionários, reconheço que eles precisam de um acompanhamento mais profissional. Baseado nesta avaliação e em consulta aos meus consultores, resolvi me candidatar ao um curso de coach. Estou a disposição. Meus fones para contato são:(51)999.693.541 (51)4101.0362 (51)3392.9117. Aguardo contato. Jorge

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário